Existem diversos tipos de intercâmbios, eles podem ser: High School, Au Pair, idiomas, trabalho voluntário, entre outros.

E uma pergunta que muita gente tem nos feito é: qual a diferença entre o intercâmbio que vocês estão fazendo para um intercâmbio comum de idiomas?

Por isso, decidimos criar esse post para explicar exatamente o que é cada um e quais as principais diferenças para que não haja dúvidas quando você for escolher seu próximo destino 😀

Intercâmbio de idiomas

Esse aqui provalvemente você conhece alguém que já tenha feito…
No intercâmbio de idiomas o foco é aprender uma nova língua, que pode ser inglês, espanhol, francês, entre diversas outras, e tem duração entre um mês e um ano.

Nesse intercâmbio você é responsável pelos custos da escola, acomodação, alimentação, transporte, visto e passagens aéreas. Dependendo da duração do seu curso, alguns países permitem que você trabalhe, como a Irlanda e Malta, por exemplo, isso ajuda muito na sua manutenção, pois você poderá se manter com o dinheiro do seu trabalho.

Geralmente o intercâmbio de idiomas é realizado através de agências e tem um custo bem elevado, em comparação com o intercâmbio de voluntariado. Mas, em contra partida, por estar em uma escola, o avanço do idioma geralmente é maior nesse tipo de intercâmbio.

Você pode realizar o intercâmbio de idiomas de qualquer nível que você tenha, seja básico, intermediário e avançado. Os países mais procurados para esse tipo de intercâmbio são Canadá, Irlanda, Estados Unidos e Inglaterra. Mas você pode se aventurar por diversos outros, como o Japão, caso queria aprender japonês, ou a Argentina para aprender espanhol. As opções aqui são imensas!

Outra parte boa é que não há limitação de idade, você pode realizar esse intercâmbio com qualquer idade que tenha, mas caso seja de menor é necessário estar acompanhado de um responsável.

A única parte negativa é que você precisa de um planejamento maior, já que os custos são todos seus. Fizemos algumas cotações e o valor mais em conta que encontramos para 6 meses foi de R$30.000 para cada, sem acomodação. Os custos variam de local, se está incluso acomodação e o período que você vai passar no intercâmbio. O valor pode ser salgado, mas é um investimento que consideramos válido. Afinal, com dois idiomas as oportunidades no mercado de trabalho são muito maiores.

Intercâmbio Voluntário

Já no Intercâmbio Voluntário, você junta sua vontade de aprender um novo idioma com o desejo de ajudar uma causa que considera importante. Existem diversas instituições com diferentes propósitos, como ajudar no meio ambiente, vida marinha, idosos, crianças, adultos com dificuldades de aprendizagem, entre várias outras.

No geral, esse intercâmbio é muito mais barato que o de idiomas, pois na maioria das vezes você recebe acomodação e alimentação em troca do seu trabalho. Algumas instituições cobram uma taxa para os voluntários, então o ideal é pesquisar muito e alinhar seus objetivos com o da instituição.

O tempo aqui também pode variar, existem instituições que aceitam apenas para um mês, outras para três, e por aí vai. Nesse intercâmbio o que conta é a duração do seu visto, por isso é necessário verificar com o país de destino o tempo máximo que você pode ficar.

Nesse intercâmbio o mais recomendado é que você tenha um nível intermediário do idioma, pois você precisará se comunicar para realizar o trabalho que a instituição necessita.

Nosso intercâmbio: Intercâmbio Voluntário no Reino Unido (Voluntary Worker – Tier 5)

Agora chegamos na parte que mais nos interessa! Nosso intercâmbio voluntário 😀

Nosso intercâmbio tem algumas semelhanças e diferenças desse último citado acima.

No Intercâmbio Voluntário no Reino Unido, oferecemos nosso trabalho em troca de acomodação, alimentação e ajuda de custo (não são todas as instituições que oferecem). Nele, temos um visto com duração de um ano que nos permite entrar e sair do Reino Unido a qualquer momento.

No nosso caso, trabalhamos 40 horas semanais e recebemos uma ajuda de custo de £40 por semana. O que não é muito, mas como não temos nenhuma despesa aqui, acabamos gastando tudo com besteira hahahaha

Trabalhamos em uma instituição de adultos com dificuldade de aprendizem, como a Síndrome de Down, por exemplo. Aqui damos suporte para eles, ajudamos a cozinhar e limpar. Temos festivais, atividades recreativas e MUITO contato com a natureza.

O nosso propósito ao fazer um intercâmbio voluntário foi alinhar nossa vontade de ajudar com o aprendizado do inglês. A Bia chegou com um intermediário e o Vino com um pré-intermediário. Nas primeiras semanas passamos muitos perrengues por não entender todas as instruções, perguntas e atividades, mas aos poucos fomos pegando o jeito.

É possível você fazer esse intercâmbio com um inglês básico, ou até mesmo sem saber nada de inglês? Sim, mas não recomendamos porque a sua experiência aqui vai ser muito difícil.

Recebemos um treinamento para entendermos nossos deveres e obrigações aqui e, se com um intermediário foi difícil, ficamos imaginando quem não entenderia nenhuma palavra :O

Por isso, nosso conselho é: se você tiver vontade de realizar esse intercâmbio estude antes de vir. Existem diversos conteúdos gratuitos na internet e até mesmo a plataforma Kultivi que tem um curso muito bom de graça. É só se empenhar que você aprende bastante.

Já quanto a idade, você pode realizar o intercâmbio voluntário sendo maior de 18 anos e não há idade máxima. Legal, né? Desde que você se sinta bem, confortável e com uma saúde que te permita a ajudar, você é bem-vinde.

Em relação aos custos, além do passaporte que ainda não tínhamos e as passagens aéreas, tivemos que pagar a taxa de saúde do NHS (SUS daqui) e o visto. Mas de longe não tem comparação com o valor que teríamos gastado em um intercâmbio de idiomas. No final, gastamos R$9.801,14 cada um para realizar nosso intercâmbio de um ano. Se quiser conhecer nossos gastos detalhados, é só clicar aqui.

Agora sobre aprender o inglês, estamos aprendendo no nosso dia a dia, já que não temos uma escola, e continuamos estudando conteúdos na internet. O bom do intercâmbio voluntário é que você tem contato com o inglês o dia inteiro e não tem como escapar, ou você aprende, ou aprende hahahaha. Mas para falar corretamente, o ideal é que você continue estudando sempre.

Se você quiser saber um pouco mais sobre tudo o que estamos vivendo no nosso intercâmbio voluntário, recomendamos que você nos acompanhe nas nossas redes sociais, por lá compartilhamos toda nossa vivência em tempo real.

E, se você decidiu que o melhor intercâmbio para você é o voluntário, você pode ter mais informações sobre como encontrar uma institução, como é a entrevista, etc, clicando aqui.

Você também pode conferir nosso vídeo com mais detalhes ❤️

Bom, já deu pra conhecer um pouco mais sobre os tipos de intercâmbio, não é mesmo? Conta pra gente, qual intercâmbio se encaixa melhor pra você?

Nos vemos na estrada!

Você também pode gostar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.